Vendendo sem erros: 5 tipos de vendedor que você não vai querer ser!
02/08/2019 | Postado em Artigos.
Vendendo sem erros: 5 tipos de vendedor que você não vai querer ser!

Um bom vendedor traz para a empresa bons resultados de faturamento, por isso existe a necessidade de ter bons colaboradores. É preciso adaptar-se ao mercado, à cada situação singular e, principalmente, é necessário aprender com cada erro. Dessa forma, apresentamos aqui 5 tipos de vendedor que você não deve ser!

 

1. O vendedor vidente

Como o Google tentando completar sua frase, o vendedor vidente é aquele que tenta desesperadamente adivinhar o que o cliente está pensando, antes mesmo dele pronunciar qualquer palavra. Esse tipo de vendedor acaba perdendo um potencial consumidor, pois não oferece a ele o produto que atende a sua necessidade.

 

2. O vendedor acomodado

O vendedor acomodado é aquele que acredita que o cliente é totalmente fiel a ele e não precisa de mais nada para conquistá-lo. No momento em que um vendedor se acomoda, a confiança do cliente pode ser quebrada, bem como a fidelidade à marca.

 

3. O vendedor que não escuta

Falar demais e ouvir de menos nunca funciona com um cliente. Ao tentar adivinhar o que o cliente deseja e tentar conquistá-lo na "lábia", sem ouvir o que ele realmente deseja, o vendedor vai "espantar" o cliente e não vai realizar o seu desejo ou necessidade.

 

4. O vendedor inflado

Um vendedor com superego é aquele que acredita que está sempre certo e que o cliente faz um "favor" ao comprar com ele. Sua passividade pode causar muita antipatia com os clientes, fazendo com que eles não queiram comprar com o mesmo vendedor novamente.

 

5. O vendedor estagnado

É aquele vendedor que não busca se atualizar sobre as inovações e renovações do mercado, não busca se aprimorar ou melhorar sua forma de trabalho. Um vendedor que não deseja ser mais qualificado para o trabalho, vai continuar no mesmo lugar.

 

Agora que você sabe o que NÃO deve fazer, bora vender?

 

COMPARTILHE
Comentários:
Relacionados:
Taxa de Ocupação: o que é e qual a sua importância?
Fechaduras: a segurança do hóspede
A hospitalidade na Era da Experiência
Taxa de Ocupação: o que é e qual a sua importância?
09 Agosto, 2019
Fechaduras: a segurança do hóspede
07 Agosto, 2019
A hospitalidade na Era da Experiência
05 Agosto, 2019
Vendendo sem erros: 5 tipos de vendedor que você não vai querer ser!
02 Agosto, 2019
Hotéis e Delivery - A combinação do futuro
31 Julho, 2019
Voltar ao topo Voltar ao topo